terça-feira, 28 de maio de 2019

BRIGHTBURN EU ASSISTI... VILÃO NO LUGAR DE HERÓI

Hoje falarei deste novo tipo de terror que parece abrir caminho para várias possibilidades diferentes no cinema e estou falando deste suposto Superman do mal, ficou curioso então não deixe de conferir esta matéria, claro sem spoilers.


Esse terror agora envolvendo quer queiram ou não um super herói está mexendo com a cabeça de muitos pois mesmo que o filme não tenha um herói nós enxergamos um ali e um bem conhecido como Superman, exatamente por sua origem e poderes serem iguais ao do protagonista deste filme e não estamos falando sobre um homem alto e forte e sim de um garoto que ao invés de se tornar um herói ele traz o terror onde passa.


James Gunn e Kenneth Huang acertaram em criar esse personagem e mostrar que se os heróis que conhecemos não fossem heróis, o mundo jamais seria o mesmo já que Brandon mesmo sendo uma criança mostra que tem poder o suficiente para dominar o mundo talvez sozinho, causando grandes destruições, no filme vemos no 1º ato um pouco da história da família Breyer e seu relacionamento com Brandon o filho adotado que foi encontrado na floresta.


No segundo ato vemos ele tentando se entender e descobrindo um segredo sobre ele mesmo, claro que com passar do tempo ele nota que é "especial" e diferente dos outros, porém com a influência de vozes e talvez sua nave ou o que o trouxe a este mundo Brandon começa a ter pensamentos diferentes ao entrar em transe e é aí que tudo se complica e o terror começa.




O terror apresentado neste filme não são coisas leves não como um acidente que mal se vê o que acontece ou uma morte por pescoço quebrado e sim mortes brutais, um exemplo é, você já parou para pensar se Superman atingisse uma pessoa normal com sua super velocidade? pois então neste filme você verá o que acontece, Brandon pega as pessoas que ele não gosta ou que podem vir a fazer mal a ele, uma a uma, em sua mente ele decifra a frase que tanto ouve de sua nave que é... dominar o mundo.

O ritmo do filme no início é bem lento, justamente para se conhecer o personagem e sua força mas mesmo assim ainda ficam várias questões no ar, o ruim do filme é justamente que ele acaba, bem o que isso quer dizer? é que quando as coisas realmente irão deslanchar e ficar boas o filme termina, porém com cenas que mostram que um segundo filme pode facilmente vir por aí, ainda mais se você prestar muita atenção nas cenas finais do filme.




Claramente baseado em Superman, Brightburn abre a cabeça de muitos leitores de quadrinhos ao pensar "E se..." como em uma mini série de quadrinhos que contava uma história de personagens de um modo diferente, mas ele não para em Superman podendo trazer mais versões malignas de heróis que conhecemos, este filme realmente te fará pensar se realmente seria uma boa ideia ter seres superpoderosos na Terra, bem minha nota para o filme será 8,0 é sim um bom filme porém algumas coisas se arrastam demais, mas vale a pena assisti-lo.


Então se você é fã de quadrinhos assista para se ter uma visão diferente e vá até o cinema garantir seu ingresso, assista o filme até o fim e pense sobre ele e o que pode estar vindo por aí nos cinemas, será que neste universo não teremos heróis desta vez? é a dúvida que fica após assisti-lo.






Nenhum comentário:

Postar um comentário