sábado, 27 de julho de 2019

HQ SCOTT PILGRIM... FICA A DICA...

Trago a vocês mais uma dica desta vez de leitura e a pouco tempo atrás deixei a dica sobre o filme da mesma HQ que super indico também mas hoje irei falar sobre a HQ em si, então não deixe de conferir.






A HQ de Scott Pilgrim Contra o Mundo foi escrita e desenhada por Bryan Lee O'Malley e seu lançamento aconteceu em 2004, no original temos 6 volumes mas aqui no Brasil a HQ saiu com 3 volumes bem grossos com suas 368 páginas apesar de ser bem grossas a leitura é rápida e faz com que você tenha curiosidade para saber o que vai rolar nas próximas páginas mesmo que você já tenha visto o filme ou jogado o game, eu sempre pegava a HQ para ler nos finais de noite ou meios de tarde, achei que demoraria para ler tudo mas me levou somente 3 dias com esse tempo para finalizar a história e claro que gostei de tudo e por isso recomendo a vocês lerem também, mas afinal o que se passa na história?


Basicamente temos o protagonista que é Scott que acaba conhecendo uma garota chamada Ramona e assim ele decide conquistá-la, mas para ter seu amor por completo ele deve derrotar seus 7 ex-namorados do mal, poderia ser uma história de algum jogo até, pois bem Bryan Lee deve ter colocado isso propositalmente, pois há vários elementos de games na história e nessa parte creio que quem jogou Megaman irá se identificar, pois cada um dos ex-namorados tem suas características e habilidades diferentes, bem até aí tudo bem seria quase um clichê a não ser pelas situações que ocorrem durante é... tudo, mas como assim? bem todos ou quase todos os personagens são de idades de 16 a 35 anos de idade e muita coisa ocorre como por exemplo antes de Scott conhecer Ramona ele está com um pequeno "rolo" com uma chinesa chamada Knives Chau que é uma colegial bem mais nova que Scott o que já basta para seus amigos pegarem em seu pé.


Bem os amigos de Scott creio que são vários deles ou todos eles importantes na história que vão desde Kim a baterista de sua banda e sim ele te uma banda que vou falar mais a frente, até Wallace seu amigo Gay de quarto que é também seu conselheiro, bem voltando um pouco a banda Scott tem uma banda chamada de Sex Bob-Omb, que é outra referência a games e nesta banda temos um guitarrista sendo Stephen, o baixista sendo Scott e Kim a Baterista e com esta banda eles tentam fazer shows que normalmente são horríveis e descolar uma grana ou reconhecimento, mas quase sempre não dá em nada.


Bem voltando ao Scott você irá perceber que mesmo sendo do jeito que é como desmazelado, preguiçoso e com uma terrível falta de memória ele também não possui quase nada de bens materiais, pois quando está morando ainda com Wallace, 90% dos pertences da "casa" são de Wallace, dividindo até mesmo a cama com ele, a situação dos dois chega a ser engraçada em algumas partes como quando Wallace ou Scott querem ficar a sós com alguém, e mostra mais a frente como Scott conquista algumas coisas conforme o tempo vai passando.


Mas o que realmente achei interessante na história? Bem além de várias referências legais misturadas e do tempo da HQ ter sido lançada, ela se mantém atual de algum jeito e a história se desenrola e toma caminhos como uma pequena novela ou série pois ela te leva junto com Scott a certas decisões sejam elas boas ou ruins e mostra típicas e decorrentes situações que jovens e adolescentes enfrentam em suas vidas, principalmente as amorosas, você chega até a torcer que algumas coisas aconteçam ou simplesmente começa a ter uma certa raiva de algum personagem ou de alguma ação dele, outra coisa nestas HQ's é que não importa se você é do sexo masculino ou feminino pois nela é mostrada dos dois lados e até algumas coisas ou situações que acontecem com os personagens, que são mostradas de uma forma tão leve descomplicada que você nem estranha como aquilo foi acontecer.



Bem o que é mais legal na HQ é que você inicia a história achando já que vai saber o final mas o desenrolar é tão cheio de coisas que você se perde mas não de uma maneira ruim e sim boa pois esse desenrolar é cheio de detalhes que você irá gostar e complementa ainda mais a história então se você viu o filme ou jogou o game leia pois nestes dois você não viu nada ainda, um detalhe que percebi foi que alguns quadros do quadrinho são desenhados quase que como os personagens da banda Gorillaz e descobri que Bryan Lee também teve influência deles não só em alguns traçados mas pelas músicas , pois lá no final da HQ ele te deixa uma playlist das músicas ouvidas por ele quando estava criando a história e isso achei demais, pois são só músicas boas e que realmente remetem ao quadrinho.







Bem resumindo toda essa dica que deixo para vocês de leitura, é que procurem a HQ para ler do início ao fim seja ela física ou digital pois vale muito a pena, eu demorei um pouco pois queria a versão física claro, pois amo o cheirinho do papel dos quadrinhos rs rs, não é difícil de ser encontrada e não é cara levando em conta a quantia de páginas, eu demorei mesmo pois devo ter o mesmo problema de memória do Scott e toda vez me esquecia de comprá-la, mas enfim nota para está HQ será claro 10, várias situações e viagens que os personagens passam algumas chegam perto de clichês mas não deixam estragar uma surpresa e tornam a história bem curiosa e te deixando curioso também para saber qual será seu final... será mesmo que ele irá acontecer como você irá prever? Bem não perca essa história então e se você ainda não viu a matéria sobre o filme é só clicar aqui ok e não deixe de conferir.




Nenhum comentário:

Postar um comentário